Tropeiro fake de feijão azuki

Aqui pertinho de casa tem um restaurante bem delícia, com um ambiente agradável e comida gostosa por um preço justo. Foi lá, no Capitão Lima, que eu provei feijão azuki pela primeira vez numa receita de babar os talheres: tropeirinho de feijão azuki. Cristo, senhor, que negócio bom. Como tinha um pacote desse feijão no meu armário (não sei de onde veio, ele sempre existiu, sempre esteve lá), resolvi que iria fazer uma versão só minha {pedi a receita no restaurante e não me deram fuééén :|}. Aí catei pela web zilhões de receitas de tropeiro tradicional e fiz uma adaptação com ingredientes que eu tinha em casa. É super rápida de preparar e ficou joia! Vâmo lá.

azuki

Preparei o feijão com água e sal, apenas.

Numa frigideira, refoguei uma cebola e dois dentes de alho com uma linguiça defumada cortada em rodelinhas. Desliguei o fogo e temperei com pimenta do reino, sal e salsa picada (pra mim salsa tem gosto de nada, com coentro deve ficar mais delícia). Juntei essa mistura ao feijão já escorrido (em uma penela maior, em fogo baixo), adicionei um tiquinho de azeite e fui mexendo para os sabores se misturarem. O ideal seria colocar farinha de mandioca pra finalizar, maaaaaaaaaaaas eu não tinha. Aí fiz o queeee, Recife? Joguei cuscuz. hahahah Ficou fantástico. Mexe bastante pra dar o ponto de farofa e tá pronto. Os amigos aprovaram. 😉

 Feijão azuki

 Além de lindo (o azuki é vermelho e bem miudinho) e gostoso, esse feijão de origem japonesa tem um monte de nutrientes. Você encontra ele em casas de produtos naturais e empórios gourmet.

Foto: Milenna Gomes/Nao Sei Cozinha - Azuki Feijão

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

5 Comentários

  • Responder setembro 9, 2013

    Joana

    “pra mim salsa tem gosto de nada, com coentro deve ficar mais delícia” Porque tudo com coentro fica muito mais delícia.
    O cuscuz tu botou o fubá, ou o cuscuz já pronto?

    • Milenna Gomes
      Responder setembro 9, 2013

      Milenna Gomes

      Botei já pronto, Joana. Mas como cozido ele fica muito úmido, deu um trabalhinho até dar o ponto de farofa. Talvez se colocar o fubá e umas colherzinhas de água fique melhor. ;))

      • Responder março 17, 2017

        Raul de Carvalho

        GAROTINHA, além de lindíssima – pelo menos na fotografia – vboce mostrou que é especialista, improvisa porque sabe que vai dar certo. Adoro cozinhar e, prá meu gosto, só presta se for de improviso… A única diferença prá voce, falando em AZUKI, que eu já preparei prá galera da cachaça dos sábados da vida, é que eu cozinhei o feijão com caldo de ensopado de frango e adicionei cubinhos de bacon de dois pelos (aqui na Bahia, carne de dois pelos sugnifica que tem uma camada de gordura e outra de pura carne). Tenho vários fãs apinguçados. Um cheiro. RAUL

  • Responder setembro 27, 2013

    Rodolfo Nícolas

    Muito sucesso! Comi com arroz de leite, farofa e estrogonofe, loucura loucura loucura.

  • Responder outubro 13, 2015

    Erica

    Estava procurando uma receita com feijao azuki e encontrei a sua receita que vou fazer com certeza e muito melhor com cuscuz , pois aonde eu moro é meio difícil encontrar farinha de mandioca. Muito obrigada por compartir com a gente as suas receitas. Um abraço. Erica.

Deixe um comentário