Top 5 programas gourmet

Me inspirei em uma matéria do Correio Braziliense – que saiu na página de Gastrô do Diario de Pernambuco – para falar sobre meus programas de culinária favoritos. Se eu tenho um hobby na vida, definitivamente, é esse. Adoro ver as pessoas cozinhando e aprender, mesmo só na teoria, dicas gastronômicas. Acho lindo, juro. É incrível como assistir os ingredientes sendo escolhidos e colocados juntos na panela (ou não) me atrai. Vocês já devem saber, eu não sei cozinhar, mas não por falta de aula. Nigella que o diga, sou uma aluna assídua. Ela é a primeira a figurar no meu Top 5 programas gourmet.

1 – Nigella

Minha querida Nigella Lawsson é maravilhosa, temos um caso de amor. Queria o feeling dela para acertar os ingredientes na mão. Literalmente, uma cozinheira de mão cheia. Sonho com o dia que vou comer algo preparado por ela. Sério. Com sonho não se discute. Eu tenho uma lista quilométrica de comidinhas para pedir. E qualquer uma dos livros de receita preciosos que herdou das avós já estaria de bom tamanho para mim. O programa é basicamente ela cozinhando as refeições e quitutes. No final, tem sempre alguém para experimentar, seja uma visita ou os filhos. E a própria, claro! Nigella é ótima, se empanturra, sem vergonha nenhuma, com as delícias que faz. E é com essa mesma fome que, quando já estão passando os créditos, ela se joga nas sobras da geladeira. Meio seboso (ela mistura tudo, por exemplo, em uma tortilla e come), mas legal! A moça já lançou vários livros e se você for amante de culinária, com certeza, tem um ou os viu por aí.

Passa no GNT em algum horário bem inconviniente, por isso eu só posso ver na reprise do sábado à tarde.

http://www.nigella.com/

http://gnt.globo.com/nigella/index.shtml

2 – Top Chef

Gosto tanto de Top Chef quanto de Nigella, mas são formatos totalmente diferentes. O segundo lugar da minha lista é um reality bem dinâmico. Na versão comum (tem a Top Chef Masters, na qual profissionais já renomados competem entre si), o programa reúne vários chefs de cozinha disputando o título de “mais mais”. Quem levar ainda ganha um prêmio em dinheiro e um artigo(que vale mais do que barras de ouro) na revista Food and Wine. Os concorrentes disputam criando pratos e, muitas vezes, menus inteiros, nos desafios. Acho punkrockhardcore. Outro dia tiveram que fazer carne de jacaré. Admiro demais essa galera, minha gente. Lembro de uma prova prática na faculdade em que a professora mandou criar uma entrada e uma sopa a partir de uns ingredientes que ela deu e eu quase chorei. Kkkk E olha que nem era nada de outro mundo. Imagina cozinhar jacaré! Os jurados do programa são sempre figurões da gastronomia mundial. Responsa.

Passa no Sony, se eu não me engano, nas quartas à noite. Tenho a memória uó.

http://www.bravotv.com/top-chef

http://br.canalsony.com/shows/top-chef

3 – Que marravilha!

Claude Troisgros é francês, logo o “maravilha” dele é bem característico. Ele está sempre dizendo “que marravilha” para lá, “que marravilha” para cá. Aí virou o nome do programa – que é ótimo! Na primeira temporada eu me identificava a cada personagem. Claude visitava pessoas interessadas em aprender a cozinhar. Às vezes era algo bem específico, como um pato ao molho de laranjas que um moço, quando pequeno, comeu no restaurante do próprio Troisgros, ou, simplesmente, algo comestível. Minha cara! A versão de férias de verão foi bem divertida também. Cada episódio tinha um convidado famoso aprendendo alguma preparação. O bom desse chef é que ele vai dando dicas super práticas durante a elaboração. Ele tinha outro programa, o Menu Confiança, no mesmo canal, com Deise Novakoski harmonizando vinhos às receitas que ele fazia. Bom, mas Que marravilha! É melhor.

Passa no GNT, quitas-feiras, às 22h.

http://gnt.globo.com/quemarravilha/

 

4 – Jamie Oliver

“No matter who you aaaaaaaare”. Sempre canto loucamente a música de abertura. Jamie é um simpático. Já ouvi dizer que a comida dele não é tão boa quanto o carisma, mas e daí, né? Eu só assisto! E acho ótimo. Ele faz umas receitas mais complicadas que Nigella – meu referencial de programa é o dela, reparou? Então todos os outros vão sofrer comparações –, mas tudo fica sempre lindo e com a aparência fantástica. O menino sabe fazer televisão. Já lançou vários livros também e é queridinho nos meios culinários. Acho ele um fofo. Principalmente nos episódios em que está com as filhas. Ah, ele me segue no twitter! Eu e mais um milhão de pessoas. Mas segue. Foi porque twittei sobre a Food Revolution, a revolução da comida que ele fez com crianças americanas que não sabiam identificar um tomate. Sério. Imagina minha emoção quando apareceu o e-mail “JamieOliver is now following you”. Caí para trás. kkk

Passa no GNT e eu também só assisto na reprise do sábado.

http://www.jamieoliver.com/

http://gnt.globo.com/jamieoliver/

5 – Cake Boss

E por último, mas não menos importante, o descendente de italianos Buddy Valastro. Só tenho duas coisas a dizer: o cara é um monstro e o programa muito curtinho. É de dar gosto ver ele montando as esculturas nos bolos, que aparentam estar sempre deliciosos, mesmo se parecendo com carros ou um prédio pegando fogo, soltando fumaça, com um caminhão de bombeiro na porta e a brigada tentando parar o incêndio com mangueiras que SOLTAM ÁGUA! É surreal. Obra de arte de verdade. Pena eu teria de cortar, é tudo muito lindo. Assistam, o Valastro é engraçado, bem família (a loja foi do pai dele) e talentoso.

Passa no Liv e eu assisto na reprise do domingo à noite.

http://www.livtv.com.br/cake/

http://www.carlosbakery.com/

Esses são meus favoritos, mas assisto muitos outros. Gosto dos de Gordon Ramsey: Hell’s Kitchen (reality de disputa entre chefs de cozinha) e Kitchen Nightmares ( no qual presta uma “consultoria” em restaurantes à beira da falência. Acho que Luciano Huck fez alguma coisa parecida em parceria com Alex Atala – proprietário do 18° melhor restaurante do mundo e o moço da propaganda do Potinho de Caldo Knorr). Inclusive, Atala apresentava um programa ótimo no GNT, sei nem por qual motivo acabou. Era o Mesa para Dois, junto com a Flávia Quaresma. Essa saía pelo Brasil atrás de coisas gostosas.  No mesmo canal tem também o Chuck. Já falei mal dele por aqui. E não poderia esquecer do Olivier Anquier, dono do fusquinha mais lindo do planeta. Na cor exata que desejo para mim.

Eu já era doida para ter um fusca verde e adoro comida. Aí vem ele e junta os dois em viagens gastronômicas fantásticas. Apaixonei. Quero um emprego assim, amém.

Se eu for parar para ficar lembrando de todos os programas ótimos que existem, esse post não acaba nunca! Eu só não vejo desde Ofélia, mas sou da época do programa de Martha Stewart no GNT e de Ana Maria Braga na Band. kkk Já assisti muita comida sendo feita. E adoro. A matéria que falei no início do post cita alguns shows que não conheço, como os de Anthony Bourdain e Eduardo Osuna, do Discovery Home and Health e Travel & Living. Não tenho esses canais. Vocês já viram? Vale a pena baixar? Quem sabe meu “top 5” não muda, né?

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

8 Comentários

  • Responder março 17, 2011

    Danielle

    Eu amo a Nigella, AMOOOOO A NIGELA!!! E o sotaque inglês então…nossa! É tão singelo e ao mesmo tempo tão forte,não sei como explicar…Fico compenetrada assistindo o programa,rsrs.Tem um tb, que passa na Fox life,é o The Delicious Miss Dahl,em todo programa ela escolhe uma emoção como fio condutor, tais como romance, nostalgia e fuga da rotina.Na sky passa as sextas as 22:00hs.Segue a página dela no site do Fox life.(http://foxlife.com.br/br/programas/the-delicious-miss-dahl/)
    Bjsss

    Obs. È a 1ª vez que visito o blog, e estou gostando muito.

  • Milenna Gomes
    Responder março 17, 2011

    milenna__

    Danielle, eu A-D-O-R-E-I The Delicious Miss Dahl! Que coisa mais linda. Ela, o lugar onde cozinha, as coisas que fala…Brigada pela dica. Só não sei se ela vai tirar o posto da querida Nigella. hahaha

    Siim, o sotaque dela é fofo demais mesmo. Prende a atenção. Eu só falto bater em quem passa na frente da televisão quando tô assistindo. kkkk

    Brigada pela visita ao blog. Continua vindo, vou tentar arranjar tempo e atualizar com mais frequência!

    Um beijo.

  • Responder março 17, 2011

    Danielle

    Ai, que bom que vc gostou da dica, e com certeza ela nao vai tirar o lugar Nigella não!!! Mas é um programa sensacional.Ah, pode deixar que eu vou continuar passando por aqui.O seu blog já está nos meus favoritos!

    Bjs…

  • Responder março 20, 2012

    Isabella

    Amooo Cake Boss! Muito legal sua avaliaçao, eu vi o episódio do predio em chamas! Muito bom, continue assim sempre! Beijos de Isabella (=

  • Responder julho 23, 2012

    sabrina

    eu concordo com você em algumas coisas, mas na minha lista de preferencia é primeiro o cake boss (Buddy valastro), o Jamie oliver e a Nigella lawsson. bem mas na verdade mesmo amo todos eles e acho que são ótimos programas.
    amei o seu blog e me identifiquei com você porque também amo culinaria, até outro dia pois pretendo continuar visitando.bjossssss
    sabrina

  • Responder abril 10, 2013

    NEIDE

    Danielle, realmente amo esses programas; assisto a todos e quase sinto os aromas.Curto de montão o Jamie Oliver, o Olivier Anquier, a Rita Lobo, a Nigella , o Claude e outros.A Martha Stewart está de volta e a Ofélia, nossa!!! a pioneira desta turma toda, era ótima!!! foi a responsável, sem dúvida, pelo meu interesse gastronômico.Bjs

  • Responder março 13, 2014

    André

    Faltou o ” Receitas do Chuck”, é sensacional !

  • Responder agosto 18, 2015

    Willy kasdash

    Tenho acompanhado o Programa Brasil Gourmet, um programa diferente do que tenho visto por ai.
    Recomendo e adoro assistir com minha família.

Deixe um comentário