Onde comer em Cusco #2: Comendo mais por menos

semana cusco2Dá para almoçar/jantar com R$10 em Cusco porque não é só no Brasil que existe PF (prato feito). Eu ouvi um “amém”? AMÉM! Só que o negócio lá é adaptado às condições climáticas (por causa da altitude, tá sempre fazendo um frio do cacete legal), então você ganha uma sopinha amiga antes do prato principal. Fomos em dois lugares nesse esquema baratchenho. Os caldos são gostosos, mas, no geral, a comida é bem sem graça, sem gosto, sem sal. Posso até dizer aos mais exigentes que não é boa. Vale a pena para quem não faz questão de comida elaborada e quer economizar ou investir o din-din da viagem em passeios e compras.  Como eu não sou uma dessas pessoas, tive pena de mim na segunda tentativa e mudei o curso do roteiro gastronômico. Aí vão minhas duas experiências.

Lembrando que, em julho de 2013, R$1 (um real) equivale a S/. 1,23 (um sole e vinte e três céntimos)

1. HAILLYI

O Haillyi tem forno a lenha e isso pode ser fundamental para sua sobrevivência em Cusco, em especial se você for uma morena-recifense-tropicana recém saída de aconchegantes 27 °C tentando se adaptar a nada simpáticos 5 °C. Olhamos o cardápio rapidamente na porta e o combo sopa + prato principal + bebida = S./15 (uns R$12) nos convenceu rapidamente. A sopa tava delícia – e Deus sabe o quanto ela foi importante naquela noite -, mas o purê com arroz e frango tinha menos sabor que uma panela de papa de aveia. Ah, nesse dia eu experimentei alpaca (textura de carne bovina com sabor de fígado) para nunca mais na minha vida.

Foto: Não Sei Cozinhar/Felipe Peres Calheiros Foto: Não Sei Cozinhar/Felipe Peres Calheiros

2. LOS CANDILES

São tantos os restaurantes em torno da praça principal de Cusco, a Plaza de Armas, que os garçons de muitos estabelecimento ficam caçando turistas pelas calçadas. Eles abordam mesmo, oferecem promoções e alguns até baixam o preço se você pechinchar. Tipo camelô. Numa dessas um garçom do Los Candiles nos encontrou.  Lá o babado é tão barato, mais tão barato, que não dá nem pra reclamar que é ruim. Pagamos doze soles (uns dez reais) em uma sopa + prato principal + sobremesa + bebida. Amigue, sabe quando a esmola é muita? A truta só tinha óleo e deu uma super azia em Felipe, já minha carne de bovina foi deixada pela metade porque tava tudo tão seco e sem gosto que uma hora travou na garganta e não desceu mais. Passamos à sobremesa, uma salada de frutas com uma aparência um tanto exótica. No final, espremendo tudo, meu almoço foi a sopa – que, sejamos justos, tava boa demais – e meio copo de limonada. Por isso, reforço, quer comer beM, bEM, BEM? Esses dois restaurantes não são opção.

Foto: Não Sei Cozinhar/Felipe Peres Calheiros Foto: Não Sei Cozinhar/Felipe Peres Calheiros Foto: Não Sei Cozinhar/Felipe Peres Calheiros

Serviço

Haillyi e Los Candiles (ficam na mesma calçada)
End.: Calle Plateros
Como chegar a partir da Plaza de Armas:
Captura de tela 2013-07-13 às 12

LEIA MAIS
Semana Cusco #1: Sofisticação e bom preço

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

Seja o primeiro a comentar