Pomodoro sob nova direção

Bem, nem é mais novidade, gente! Já tem quase um ano que o tradicional italiano Vittorina Pomodoro Café mudou de batuta: saiu das mãos do chef Duca Lapenda (que o comandou por 12 anos) e hoje está aos cuidados de dona Laura, ex-gerente e atual proprietária. Uma pessoa muito atenciosa pelo que pude perceber nos poucos momentos compartilhados na última semana – quando, a convite, fui visitar o restaurante {não cheguei a conhecer na era Duca} para dar uma conferida nas novidades. Nada de muito drástico, segundo dona Laura. Um nome a mais (Vittorina), uns reparos na estrutura e, mais para frente, novos pratos. Quem ama muito o Pomodoro não precisa bater cabelo pois o cardápio antigo, para o bem de todos e felicidade geral da nação gastronômica, fica! Mas como mudar pela metade não vale, o chef Zeca Rodrigues elaborou umas criações que devem ser acrescentadas no menu futuramente. Testamos e aprovamos. Fica de olho que em breve as delícias abaixo vão dar sopa por lá.

Foto: Felipe Peres/Não Sei Cozinhar
LASANHA de queijo prima donna. O queijo não é recheio, gente. É ele quem divide as camadas no lugar da massa. (ATT. mentira, lâminas de palmito dividiam a lasanha. brigada, eduardo!) Essa generosidade rendeu elogios calorosos ao prato, que foi servido como entradinha, mas deve vir a ser principal a pedidos da galera. Para o meu paladar, ele deveria ficar de entrada mesmo. O resultado é delicioso, mas bem gorduroso, então eu não aguentaria uma porção maior. Dividi a minha com Felipe e fiquei super satisfeita!

IMG_0185
CORDEIRO com molho de hortelã acompanhado de risoto de arroz sete grãos e purê de mandioquinha. Amei esse prato, people. Quando ele chegou, provei cada parte individualmente e não fiquei impressionada, mas quando tudo junta na boca…Orna, minha gente. Orna! O sabor neutro do purê + o salgadinho do cordeiro é uma harmonia só. Sem falar na crocância do risoto + o macio das outras porções. Um equilíbrio lindo. 😉

IMG_0192
PÊRA ryca com ganache de chocolate. Reparem no dourado lushuoso! Não peguei a descrição desse prato, malz aê. Mas suspeito que a fruta tenha sido {MEDO DE FALAR BESTEIRA!} cozida em vinho branco. A calda tinha um azedinho bem legal que contrastava com o chocolate e a castanha. Joinha!

Enquanto os pratos novos não entram no cardápio {por isso nem tenho como dizer os preços}, dá pra ir desenrolando com os antigos, né? Eu não vejo problema nenhum…Foto: Felipe Peres/Não Sei Cozinhar Foto: Felipe Peres/Não Sei CozinharFoto: Felipe Peres/Não Sei CozinharFoto: Felipe Peres/Não Sei Cozinhar
DECORAÇÃO fofa

Serviço
Vittorina Pomodoro Café
End.: Rua Capitão Rebelinho, 418, Pina
Tel.: 3326-6023

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

4 Comentários

  • Responder junho 13, 2013

    Marcela

    “Orna, minha gente, orna”. Mils, você realmente tem um talento raro para resenhas gastronômicas. Com simplicidade e elegância dá suavidade a assuntos tão aristocráticos. hahaha.
    Quero conhecer o Pomodoro! 🙂

  • Responder junho 16, 2013

    Camila

    Esses pasteizinhos são de Deus! Ô delícia!!!

  • Responder junho 28, 2013

    Jotinha

    Quem produz esses pratos maravilhosos de dar água na boca, só de ver! Imagine comê-los! É algum chef famoso?

    • Milenna Gomes
      Responder julho 19, 2013

      Milenna Gomes

      Eita, realmente, não coloquei o nome dele! É Zeca Rodrigues, Jotinha.

      Bjss

Deixe um comentário