Pavê de coco e banana assada #PORUMNATALREGIONAL

Natal sem “é pavê ou pacumê?” não é Natal, né, mores. Como a piada está fadada a ser ruim, que pelo menos a sobremesa seja boa. Camadas pecaminosas leite condensado com leite de coco, coco fresco e banana frita vão dar o golpe de misericórdia no teu bucho depois do banquetão natalino. Abaixo o panetone! Essa é sobremesa, por Alcindo Queiroz, do Patuá.

#PorUmNatalRegional

Veja também
Pernil de bode com mel de engenho
Farofa de queijo do reino com caroço de jaca

Fotos: Izabela Alves Fotografia

alcindo-queiroz

Por Alcindo Queiroz, do Patuá – Delícias do Mar

Ingredientes

2 latas de leite condensado
1 lata de creme de leite
200 ml de leite de coco fresco
300 g de biscoito tipo champagne
1 coco seco fresco raspado
1 fava de baunilha
320 ml de leite
3 bananas maduras
1 colher (sopa) rasa de manteiga
1 colher (sopa) de margarina
3 colheres (sopa) de açúcar cristal
canela em pó a gosto

Modo de preparo
Abra e raspe delicadamente a fava de baunilha. Reserve. Numa panela, coloque o leite condensado, o creme de leite, o leite de coco, metade do coco ralado, a manteiga  e metade da raspa da baunilha e leve pra cozinhar em fogo baixo, sempre mexendo. Cozinhe por uns 10 minutos até ficar consistente e soltar levemente da panela. Deixe esfriar. Corte as bananas em rodelas, leve numa frigideira e frite-as com a margarina, finalize com o açúcar, dourando-as dos dois lados. Desligue. Leve o leite com o restante da fava de baunilha em fogo baixo e deixe cozinhar por 5 minutos. Deixe esfriar, coloque numa vasilha e molhe os biscoitos dos dois lados. Numa refratária comece a montar o pavê. Primeiro, uma camada do biscoito, depois faça uma leve camada de creme, coloque as bananas, polvilhe canela, cubra com mais creme, faça outra camada de biscoitos e outra camada de creme. Polvilhe o restante do coco por cima e finalize com canela em pó a gosto. Leve ao congelador e sirva após quatro horas.

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

Seja o primeiro a comentar