Os melhores cafés do Recife (segundo eu)

Não entendo de torras, desconheço grãos e sei menos ainda sobre blends. O que me atrai em café é o conforto que ele causa no meu corpo, a sensação de me sentir abraçada a cada gole. Gosto de segurar a xícara quente com as duas palmas, como se estivesse apertando a mão de alguém que eu confio muito, e do vapor passando pelo nariz e embaçando meus óculos. Me encho de sentimento bom! Nunca tive costume de tomar café em casa. O do bule tem seu charme, sua hora, mas eu gosto mesmo é daquele tirado em máquina, misturado a chocolate e à espuminha do leite vaporizado. Coisa de cafeteria, né? Então, utilizando o critério “me fazer feliz”, elenquei meus cafés-favoritos-no-mundo-todo-em-Recife, cada um de uma cafeteria diferente daqui. Aí vão meus três favoritos em ordem decrescente de preferência.

3°) CAPUCCINO DA SÃO BRAZ

1016385_504739882928132_656562982_n

Em terceiro está ele, o imbatível capuccino entre todos os capuccinos tradicionais dessa vida: o capuccino da São Braz! Eu insisto em tomar esse tipo de café em outro lugar, mas nenhum é tão bom quanto nessa cafeteria. O da São Braz é equilibrado, sabe? Nem café, chocolate, leite ou canela demais. Delicioso. VANTAGEM MAIOR (para mim, claro, já que os critérios dessa avaliação são bem egocêntricos): ele tem o incrível efeito de amenizar minha ansiedade. Quando tomo vou afundando na cadeira de relaxamento. Fico molinha. haha Favoritaço do meu pai, também. Peguei amor, afeição. Fora que esse capuccino já regou muitas conversas com risadas altíssimas e choros descontrolados. Desse último, sempre foi a solução. (aproveito a oportunidade pra mandar um beijo para os funcionários da São Braz da Ilha do Leite, os mais gente boa e pacientes. ♥)

Obs. do amor: o chocolate quente da São Braz é i-mo-ral. Ainda darei “ok” no meu desejo de misturar numa xícara o chocolate quente + o capuccino.  huuuum

1002960_504738666261587_615308091_n

Onde?
Coffee Shop São Braz (são muitas!)
http://www.saobraz.com.br/coffee-shop

2°) MOCHA DO CASTIGLIANI

café castiglianni Foto: Milenna Gomes/NaoSeiCozinhar

Quando eu tenho a sorte de não estar atrasada para ver um filme no Cinema da Fundação (tipo, nunca) e ainda consigo – depois de disputar a tapas e puxões de cabelos – vencer a luta por uma mesa no Castigliani, o mocha de chocolate é e sempre será minha escolha. Ele fica alí na tênue linha que separa café de sobremesa porque, né?, com aquele Everest de chantilly, meu bem, é preciso uma retroescavadeira para alcançar a cafeína. No melhor dos sentidos, claro! E quando a gente ultrapassa o monte branco e doce ele está lá, um dos cafés mais bem tirados do Recife. E nem sou eu que tô dizendo, viu? Foi um empresário e conhecedor da área que fez questão de frisar para mim em uma entrevista. Sabe quando você vai numas cafeterias e sente o café com um gosto estranho, meio de queimado? Pronto, ele foi mal tirado e nem o melhor chocolate do mundo disfarça. No Castigliani eu nunca tive experiência ruim com meu mocha (não lembro de já ter pedido outra coisa, inclusive) e ele é tão bom, mais tão bom, que dá vontade de lamber o fundo da xícara quando acaba.

cafe castigliani Foto: Milenna Gomes/NaoSeiCozinhar

Onde?
Castigliani Cafés Especiais
Endereço: R. Henrique Dias, 609 – Derby (No mesmo andar do Cinema da Fundação)
Telefone:(81) 3073-6683

1°) CAP DE PAÇOCA DA DELTA

delta

Minhas papilas não sabem, até hoje, como agradecer à Deltaexpresso por esse carinho. Quando eu tomei o capuccino de paçoca de lá pela primeira vez eu fiquei extasiada. Como ninguém tinha pensado nessa mistura antes, gente? Porque, Deus, eu precisei passar tantos anos sem conhecer essa confluência de sabores? hahahah Tão simples e genial é o capuccino de paçoca que merecia, sei lá, um reconhecimento internacional. É o melhor café do mundo (segundo eu), sem dúvida alguma. Só peço ele, forever and ever, todos os dias de minha vida até que um café melhor nos separeNa Delta, juro, eu já provei quase tudo, mas nada naquela cardápio me dá mais alegria do que misturar a paçoca esfarelada no café, deixar aquele líquido encorpado com muito chocolate se espalhar pela minha boca. PQP, moçada, é o tipo de coisa que todo mundo PRECISA experimentar. Faço geral que vai comigo na Delta tomar e a opinião é sempre  a mesma: “Milenna, você está certíssima!” kkk

delta

Onde?
Deltaexpresso Coffee Convenience Store (também são muitas!)
http://www.deltaexpresso.com.br/lojas

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

8 Comentários

  • Responder outubro 10, 2013

    Milton Couto

    Que texto bom de ser lido, Milena. Parabéns. Exatamente assim, como você descreveu no primeiro parágrafo, que sinto quando tomo uma xícara de café. É mágico. Beijo!

  • Responder outubro 11, 2013

    Rodolfo

    Uuuuuu, sensacional! Eu so nao tomei o casteliano, mas mesmo detestando café sou assiduo das posições 3 e 1! Esses dias tomei um delicioso capuccino na padaria triunfo, na chora menino! Sucesso!

  • Responder outubro 12, 2013

    Joana

    Eu tive a mesma sensação do Milton. Eu gosto muito do jeito que você escreve. Parabéns. Fiquei com vontade de experimentar todos

  • Responder outubro 26, 2013

    Luciano Alpes

    Essa tua paixão por café é antiga… hehe
    http://marcozero.rec.br/comendo-design-2-dia-nacional-do-cafe

    Curti muito o texto! To praticamente fazendo um circuito de cafés aqui em Toronto pra achar um capuccino que preste! 😛

  • Responder abril 2, 2014

    cibelle

    Experimenta o cappuccino do Chá com Xita!! Simplesmente imoral.. E pede pra adoçar com açúcar mascavo. Muito bom

  • Responder maio 25, 2014

    Marina Freitas

    Minha querida, lhe sou eternamente grata! Quando li aqui há um tempo, botei fé não, apesar de ser alucinada por paçoca/amendoim. Dia desses fui no delta, e não deu outra: Cap Paçoca é de pedir bis do grande! Bom djimais x)
    já tomou o mocha do castigliani com doce de leite?

  • Responder dezembro 24, 2014

    Tiago Veras

    Olá srta, bem gostei o post, sou como você adoro um café de rua, embora sempre encontraremos algums decepções em alguns lugares. Assim como você não entendo nada de café, ou grãos ou nada sou somente um inxirido consumidor e formador de pitacos. Provei esse de paçoca e é delicioso, principalmente qd o café mistura e deixa ela quentinha. Eu sou um recifense que mora em fortaleza de férias em recife(mas ainda bem estou sendo trasnferido de volta pra recife) e lá provei na cafeteria da santa clara ( que até onde sei só existe lá) um café chamado Café Vienense quente (pois existe a opção frio com sorvete que categoricante dispenso) espetacular. Se um dia puder ir lá vá, e espero ainda prova um vienense aqui (quente) gostoso!

  • Responder maio 26, 2016

    dayse

    Adorei a dica, ainda mais com.este capuccino de paçoca, como amo amendoim, amanhã msm vou lá experimentar

Deixe um comentário