Open American Food: comida americana com estilo

Nota Geral

Tem gente que gosta de comprar sapatos, outras pessoas amam falar sobre carro, malhar, colecionar DVD’s, rodar o Brasil atrás de Asa de Águia. Euzinha prefiro comer. E quando eu como bem, gente, fico numa alegria! Sei nem explicar. Saí completamente feliz, satisfeita e só não saltitante do Open American Food (inaugurado há pouco tempo em Satúbal) porque estava deveras pesada de tanto me refestelar. Tudo o que provei – e não foi pouco – estava FANTÁSTICO. Sem exceção. Sério, galera, é um negócio de doido. Autor do cardápio, o chef Thiago Rangel deu uma sofisticada na proposta “junk” da comida americana, que ganhou apresentação digna e sabores nada artificiais. Está de parabéns, meu bem. Posso dizer que todos os pratos que passaram por meu talheres são imperdíveis. Os camarões enormes do Coconut shrimp (foto 1) fazem valer o preço do pedido e quatro pessoas petiscam bem sem precisar brigar. Os anéis de lula (2): um crime. Crocantes por fora, macios por dentro. É possível que por eles haja uma disputa saudável de garfos. haha Os dois são entrandinhas. Como sugestão de prato principal, mas que também super rola dividir, está a costelinha, marinada por 12 horas – de verdade – para encorporar o sabor e a carne desprender do ossinho. Ela acompanha batatas bem rústicas e cubinhos caramelados de maçã com canela. Meu amigo, quando junta tudo na boca… Sensacional. O milk shake de paçoca do Open é imoral e substituiu o meu queridinho de Ovomaltine do Bob’s no posto de favorito da minha vida.

O espaço é massa! É possível escolher cadeiras ao ar livre ou dentro e você pode reservar um cantinho para eventos (soube até que vão levantar um primeiro andar). A decoração foi toda inspirada nos States e feita pelos próprios donos que não eram da área nem de comida, nem de arquitetura. Se jogaram na empreitada e estão sendo bem felizes no resultado.

Preparem-se para o trocadilho infâme.
Open, as portas do meu coração estão abertas. Apaixonei.

open COCONUT SHRIMP (1) Camarões crocantes empanados em cerveja e cobertos com crosta de coco. Acompanha molho de abacaxi (na taça) e tártaro (no potinho). {R$ 34,80}

open FRIED CALAMARI (2) Aneis de lula crocantes servidos com molho tártaro. {R$ 24,90}

open SMOKED BBQ RIBS (3) Especialidade da casa, costela suína marinada por 12 horas e depois cozida e defumada por mais quatro horas, regada com molho barbecue e acompanhada de purê de batatas e cubos de maçã. {R$ 47,50}

open MILK SHAKE (4) O melhor do planeta e fim de conversa. Com paçoca e muito chantilly. {Ainda não tinha no cardápio, mas com base nos outros – de morango, ovomaltine, etc. – deve ser uns R$ 13,90}

open FAMILY SIZE WAFFLE Sanduíche de waffles americanos entre sorvete de creme e caldas de amora e chocolate. {R$ 22,90}

SERVIÇO
Open American Food
End.: Rua Cônego Romeu, 238, Boa Viagem (fica na rua da Escola Americana, bem de esquina)
Tel.: 3341-1574

*A categoria “Serviço” não é julgada quando vou a um estabelecimento a convite de assessoria. Sou sempre muito bem tratada, então não vale, né?

Categorias

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

2 Comentários

Deixe um comentário