Mais do que maçã no Jardim do Éden

Se hospedar em um lugar que você goste durante uma viagem é fundamental para que ela seja bem sucedida. Mas, pelo menos para mim, a pousada/hotel/flat/quitinete/barraca/chão da casa de um amigo é coadjuvante comparado ao que se tem para fazer do lado de fora. Qual a graça de viajar zilhões de quilômetros e ficar dentro do hotel? Só que como para tudo nessa vida existe exceção, na Chapada dos Veadeiros, Goiás, encontramos o Jardim do Éden, uma eco pousada d-e-l-i-c-i-o-s-a e tão aconchegante que dava até preguiça de sair para passear. E lá, no lugar de Adão e Eva, Lúcia e Eduardo – que, muito mais do que proprietários, são verdadeiros anfitriões. Me senti em casa.

Ganhando “bom dia” das formigas.

Fomos (eu, o namorado Felipe e o casal amigo Robertinho e Marina) recebidos na porta com muita simpatia e encaminhados para os quartos que levam nome e fragrância ambiente de plantas. O nosso foi o Calêndula e os vizinhos ficaram no Erva-Doce. O lugar é fantástico, minha gente, cheio de flores, passarinhos e coisas da natureza. Um pedacinho do céu. Lucia e Eduardo são bem tranquilos e a pousada reflete muito bem a personalidade deles. Vegetarianos, tudo o que comem é plantado lá. Na horta pessoal, fazem sistema de compostagem para que nada seja desperdiçado. Os dois têm uma consciência ambiental monstra! Para esquentar a noite fria da Chapada, Lúcia fez chá pra gente e nesse momento conversamos sobre a vida, Deus, a saúde do nosso corpo e mente e sobre como respeitar as plantas e animais. Foi uma hospedagem curta, mas bastante enriquecedora. Amei muito. Maaaaaaaaaaaas, falemos do que vocês estão interessados! 🙂 O café da manhã do Jardim do Éden é um espetáculo à parte. Tudo orgânico e até as flores da mesa eram comestíveis. Sou carnívora, gente, entendo se você estiver torcendo o nariz, no entanto era tudo tão gostoso! As comidas são feitas de manhã cedinho pela própria Lúcia e os igredientes são colhidos lá, viu? Procedência garantida! Ah, nada de ovo nas preparações por causa dos hormônios e antibióticos. Nem no pãozinho de queijo.

Azeite de ervas escândalo!

Me joguei e comi como se não houvesse amanhã. Mas não mais que Robertinho, que deixou a cesta de pão de queijo só com os farelos. kkkkkk Lúcia ficou de me dar a receita da torta de maracujá. Vou cobrar e posto aqui. bjometwitta

 

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

5 Comentários

  • Responder julho 4, 2011

    Aline Souza

    Passaaaaaaada com essas fotos maravilhosas e essa viagem! Dificilmente eu iria querer arredar o pé desse lugar. Eu, que quando posso escolher ($$$) levo tudo integral, ia morrer de felicidade com esse cardápio! Show show show!!! Amigaaaaaa, parece a Itália, que coisa linda!!! :*

    • Milenna Gomes
      Responder julho 5, 2011

      Milenna Gomes

      Tudo lindo e gostoso, Aline. Tu ia ficar doida!

  • Responder julho 5, 2011

    Luana

    Po, mi, as fotos do post ficaram tão legais e tu nem deu o crédito do(s) fotógrafos. Dava um processo! 😀

    • Milenna Gomes
      Responder julho 5, 2011

      Milenna Gomes

      ¬¬

      Créditos: Felipe Peres Calheiros e Milenna Gomes. Ok?

      🙂

  • Responder julho 10, 2011

    Marina

    Milenna as fotos ficaram lindas! Olha, Beto está esperando o post sobre o suco de laranja dele! beijos Marina

Deixe um comentário