Faca não faz chef, mas ajuda bastante

Adoro minha faca. É uma Tramontina da linha Century, toda em inox, da lâmina ao cabo, e fio (a parte que corta) de 10 polegadas. Profissa. Comprei há quatro anos, na época do finado curso de gastronomia, junto com a de legumes, uma menorzinha, que já não tenho mais porque Felipe jogou fora sem querer. Longa história. Foram bem caras, na minha opinião, só que até hoje nunca precisei amolar e a que sobrou ainda está tinindo. Uso para tudo (menos para desossar galinha e afins porque destroi o fio). Quem sabe cozinhar, sabe cozinhar e ponto, não precisa de arsenais, mas uma boa faca muda o ânimo de qualquer um na cozinha, né? Quer coisa mais frustrante do que passar meia hora tentando cortar um bife? haha Pois bem, existem dezenas de facas, cada uma com sua utilidade. Tem a de descascar, de churrasco, de partir ossos (cutelo), de sushi, de pão… Eu sugiro que os iniciantes tenham apenas uma, a de chef (ou de cozinha), como a minha. Ela é bem grande, resistente, afiada e versátil. Corta de carnes a frutas e quebra um super galho no dia a dia. A de descascar legumes é massa, também. Posso dizer, no entanto, que tenho sobrevivido sem a minha. Os mais avançados – e com dinheiro sobrando – têm a opção de comprar um kit completo ou um cepo, objeto que guarda várias facas diferentes e ainda embelaza a cozinha. Aqui estão algumas opções vendidas em lojas no Recife:

facas

Para te ajudar na decisão, olha o depoimento sobre facas feitos por quem adora cozinhar:

1474415_564911976920865_263084240_nJuliana Stelli, mãe, cozinheira de mão cheia e blogueira no Pitadinha

Eu uso faca de cerâmica para quase tudo. Pra mim, é a melhor. Tenho a minha há mais de um ano, uso todo dia e ela nunca perdeu o fio. É leve, a precisão de corte é excelente e não precisa amolar. Comprei a minha por 50 pila na Etna. Só que ela é frágil, daí pegou uma queda fica meio lascada, mas você tendo cuidado, dura muito.

ayade facaRicardo Ayade, ator, cantor, escritor e cozinheiro nas horas vagas

Uma memória recorrente da minha infância é a propaganda das Facas Ginsu. Eu via aquilo e achava um exagero da modernidade ‘facal’. No passar dos anos, fui descobrindo a importância de se ter boas facas e de saber diferenciá-las. Cada faca é diferente, cada uma desempenha melhor uma função. Eu tenho pelo menos 5 tipos de facas diferentes na gaveta.

1544603_633022473427152_1316161155_nEduardo Sena, repórter de gastronomia da Folha de Pernambuco e cozinheiro de fim de semana

A que eu uso é conhecida popularmente como “faca do chef”. Tecnicamente, ela tem lâmina grande e resistente, sendo, portanto, coringa. Corta pedaços inteiros de carne, legumes, ervas… Só não uso ela como batedor porque danifica a lâmina. Uso Tramontina por conta da fama e talz, mas imagino que devam existir melhores.

herbert facaHerbert Medeiros, estudante, formado em administração, tem a cozinha como hobbie preferido

A minha faca – minha em função do ciúme que possuo dela – é uma 7″ de fio e de carne. Gosto de usá-la principalmente pelo fato de que tenho cuidado para não sujar muita louça ao cozinhar (quem ama lavar muitos pratos?), já que com este tipo de faca consigo cortar bem quase todos ingredientes das receitas.

969558_424201757677107_765062510_n

Gabriela Gadelha, advogada e amante da boa cozinha

As minhas facas são as tradicionais de inox, ainda não testei as de cerâmica…. Como não sou profissional, estando afiadas, tudo certo pra mim. Eu tenho um amolador mara!
Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

2 Comentários

  • […] Uma faca boa melhora qualquer cozinheiro ruim. Vale muito a pena investir em uma. Só dá valor a uma faca decente quem já tentou cortar bife com faca de serra. Uma tristeza. Aqui tá um post que fiz falando sobre facas e como escolher a melhor pra você.  […]

  • Responder fevereiro 4, 2017

    Francisco

    Nunca mais usei facas ceramicas desde que uma quebrou enquanto preparava uma salada e, como não encotrei o caco da faca, tive de jogar uma baciada de repolho com tomate fora. Já pensou se eu não percebo o lascado na faca e sirvo essa salada aos meus convidados?…

Deixe um comentário