Café Evoé, do Paço do Frevo, com menu de almoço

O Paço do Frevo é uma coisa linda, né gente? A melhor homenagem que o ritmo musical mais icônico dessa terra poderia ter. Sabe como eu sei? Me contaram. Porque eu, que não tenho vergonha na cara, nunca fui lá explorar – mesmo morando super perto e trabalhando no Recife Antigo. Mas me pergunta o que tem pra comer no Evoé se eu não te digo tudinho. hahaha O café fica aberto ao público e eu vivo lá. É um dos meus points pós-almoço. Tô sempre atrás de um docinho e as sobremesas do cardápio são ótimas! Eles ainda servem sanduíches e saladas. E agora, para comemorar um ano de funcionamento, estrearam o menu de almoço. De terça a sexta (fecha na segunda), tem uma sugestão de prato por dia. As opções são fixas, então, sempre que você chegar por lá, a preparação vai ser a mesma da semana anterior. O preço tá uma alegria: R$ 17,50 cada. Tá valendo a pena demais, viu? Sabor, tamanho e valor resultam num dos melhores custos-benefícios da região. Kika Costa, chef super experiente à frente do Evoé, pensou e fez tudo com muito capricho. Provei três dos quatro pratos e, ó, ♥ ♥ ♥. Já batia ponto por lá, agora, então… (Obs.: experimentei porções menores para aguentar comer mais de um, então imaginem pratos maiores).

Terça-feira

evoé 5ABÓBORA DO SERTÃO Jerimum crocante, cebolas caramelizadas, rúcula, raspas de queijo holandês, charque desfiado e redução de molho balsâmico. Que combinação boa, minha gente! O queijo é meio docinho, a carne é salgada na medida e a rúcula meio amarga. Quando junta tudo na boca é uma festa. Candidato a favorito do público, certeza.

Quarta-feira

evoéCOUSCOUZ AO FILÉ Couscouz marroquino acompanhado de legumes cozidos e cubos de filé ao molho de vinho. Esse eu não provei, mas a cara tá boa demais. Foto: Rafael Bandeira/Exclusiva!BR/Divulgação (assim como a do topo).

Quinta-feira

evoé 4CEVICHE DO EVOÉ Tilápia fresquinha – Kika não compra aquelas de saco -, cebola roxa, pepino e milho marinado em limão. Tem um toquezinho de gengibre que dá um tchan. Uma delícia. Levinho, refrescante e alimenta super bem.

Sexta-feira

evoé 3CIRANDA DE TILÁPIA Tilápia grelhada, acompanhada de molho de limão, e crepioca com massinha de espinafre, recheada com camarão, palmito e alcaparras. A escolha do meu coração, meu prato favorito. Quer me encontrar? Vá nas sextas no Evoé, é lá que eu vou estar. Impecável. E por R$ 17,50? Amor eterno.

Fica a dica do suco de limão com gelatina. Você bebe, morde os pedacinhos e abastece o organismo de colágeno pra ficar com a cutis diva.

evoé 7

SOBREMESAS

Eu não comi isso tudo que vou mostrar no mesmo dia não, viu? Já tinha fotografado os doces no celular porque, como eu disse, eu vou lá com bastante frequência. Até demais. kkkk O café do Evoé é Yaguara, marca pernambucaníssima e ótima de Taquaritinga do Norte. O bolo de rolo é bom demais também e as tortas são de Ligia, que tem um dos melhores bolos de brownie da existência humana na terra. No Evoé ele é servido com uma caldinha de café que me mata, me prende, me arrasta no chão. É tudo bom, Deus me livre. Esse lugar tem responsabilidade por, pelo menos, 25% das celulites do meu corpo.

evoé 8Sorvete de creme, farofa de Ovomaltine, ganache e creme de leite fresco.

Creme de leite fresco, farofinha de biscoito, Ovomaltine e sorvete de café. Acho que tô amando.

A photo posted by Milenna Gomes (@milennagomes) on

 evoé 6Bolo de banana de Ligia Tortas (MEU DEUS ♥), doce de leite cremoso e em raspinhas, tacinha com sorvete de café.

 

Isso é um bolo de chocolate.

 

A photo posted by Milenna Gomes (@milennagomes) on

Serviço
Evoé Frevo Café
Paço do Frevo – Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife
Funcionamneto: Terças, quartas e sextas, das 9h às 18h. Quintas, das 9h às 21h. Sábados e domingos: 12h às 19h.

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

7 Comentários

  • Responder abril 27, 2015

    fsud82@mail.com

    Pra mim ainda tá caro,comida boa é a do mercado de casa amarela caseira quantidade boa e preço fantástico mas este site é elitizado demais pra prestar atenção em opções populares e olha que a classe média tradicional come lá também.

    • Milenna Gomes
      Responder abril 27, 2015

      Milenna Gomes

      Oi, pessoa sem nome!
      Deixei bem claro no texto que o valor do menu é ótimo comparado ao da região. Afinal, quem trabalha no Recife Antigo, e precisa almoçar em uma hora, dificilmente pode se deslocar para o mercado de Casa Amarela.

      Aliás, adoro mercado e comida popular. É minha favorita.
      Abraços.

  • Responder abril 28, 2015

    Josivan

    Excelente a sua dica Milenna!! E só pra calar a boca do comentário “sem nome”, escreva sobre a riqueza da comida regional nos mercados recifenses. Talvez assim, o “sem nome” resolva criar coragem para criticar, sem se esconder.

    • Milenna Gomes
      Responder abril 30, 2015

      Milenna Gomes

      Acho que vou dar uma circulada nos mercados e mostrar as coisas que mais gosto, Josivan! Boa ideia. 🙂

  • Responder abril 28, 2015

    kika

    Milena,
    Hahahhah vc é figura! Pensando em me retratar em quem se arrastou de comer doce no café durante 1 ano.
    As saladas e pratos do dia ira ajudar em menos culpa na sobremesa!!!

    • Milenna Gomes
      Responder abril 30, 2015

      Milenna Gomes

      A pessoa tem que compensar o que joga no mundo, né? kkkk
      Bjss

  • Responder maio 17, 2015

    Amanda Figueirôa

    Gzuis! Tenho que ir lá! Não sabia que as tortas eram de tia Lígia! Preciisooo, Milenninha! Me leva um diaa! Amei o post. Tentação esse almocinho da terça!

Deixe um comentário