Dicas de comida e decor para uma festinha mexicana

Festa temática é alegria demais, genteem! Adoro, mas nunca tinha produzido uma. Resolvi, então, acabar com essa pendência na minha vida. Fiz uma enquete entre os convidados e, mesmo o tema “Bancon é vida!” ter sido um forte concorrente, o México foi escolhido como argumento para o agito pesado. O que eu mais queria era me divertir e não precisar me preocupar em servir a galera, repor salgadinhos, checar a comida no fogão – coisa que sempre faço. Como resolver esse pepino?! Pensei, pensei, pensei e… FESTIVAL DE TORTILLAS! Sabe aquela comida mexicana que parece panqueca? Pronto. Cada um monta a sua com o que preferir e leva ao forno. Cabôsse. O trabalho que eu tive foi de preparar os recheios e deixar arrumadinhos na mesa para geral escolher à vontade. E nem me estressei misturando leite, trigo, ovo e o escambau para a massa da tortilla. Comprei um monte de pacote de Rap 10 (não é propaganda) e fui ser feliz. hahaha Praticidade e zero louça suja. 

Recheios das tortillas

  • Cheddar: coloquei em uma bisnaga de ketchup pra facilitar a aplicação
  • Queijo mussarela: cortei em pedacinhos para ser salpicado
  • Fajitas: usei dois filés grandes de carne temperados com sal e pimenta-do-reino. Cortei em tiras bem fininhas e pequenas e coloquei pra dourar em uma panela com cebola roxa, alho e pimentões coloridos
  • Pollo: usei um peito de frango cortado em filés, que temperei com sal e pimenta-do-reino. Coloquei pra cozinhar em uma panela com água (uns dois dedos, só). Depois de cozido, joguei tempero pronto, desses de saquinho, e triturei tudo com o mixer. Aí, salpiquei cebolinha fresca.
  • Guacamole: peguei milhões de receitas diferentes na web e acabou ficando uma porcaria. ahaha Foi sumariamente ignorado pelo povo. Só depois achei essa receita aqui, super simples, do perfil no Insta Receitas em 15 segundos.
  • Creme de ervas: mistura ervas frescas (cebolinha, coentro, salsa, alecrim, manjericão) picadinhas com um pote de creme de ricota desses de supermercado. Tempera com sal e pimenta que fica delícia! Lá no Insta eu até já fiz vídeo mostrando como fica ótimo no sanduíche, também.
  • Bancon: cortei bancon em pedacinhos e fritei. Ficou déli com franguinho e cheddar.

* Também coloquei nachos na mesa que puderam ser comidos tanto com o cheddar quanto com o guacamole ruim. 😉

Decoração

festa mexicana

Decorar foi bem barato. Só comprei papel crepom (que colei com fita crepe na parede vermelha aqui de casa pra lembrar a bandeira do México) e copos e pratos descartáveis com as cores do país. O resto foi tudo reaproveitado. Na mesa, coloquei a toalha que tinha as cores mais coerentes com o tema. Felipe fez umas instalações de pisca-pisca colorido por toda sala. Foi ótimo porque a gente não precisou acender a luz, mas o ambiente ficou bem iluminado. Usei umas garrafas velhas de suco de uva pra colocar as flores de papel que nossa hóspede portuguesa ganhou (não são lindas?). A lousa branca eu já tinha, só fiz o desenho pra dar o charme. Super rola reproduzir em quadro negro, viu? Foi basicamente isso. Funcionou aqui, aí outras coisas podem ficar legais. Acho que o importante é dar uma analisada criativa em tudo que você tem. E boa festa!

festa mexicana

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

3 Comentários

Deixe um comentário