Cordel Botequim – comida regional na Rua da Hora

Depois do grupo arcoverdense Cordel do Fogo Encantado e da novela global Cordel Encantado, eis que agora surge, na gastronomia, Cordel. E parou por aqui, tá? Até porque não tem mais palavra para usar…Pois bem, quem é de Recife sabe que a Rua da Hora mata ganha qualquer cidadão pelo bucho. De uma ponta a outra é restaurante e bar que não acaba mais, do baratinho ao premiado pela Veja. O novo point da via é o Cordel Botequim, um lugar com uma pegada regional, artesanato pernambucano espalhado por todo canto e a típica comida nordestina – com um toque de classe – no cardápio. É bom pra levar aquele amigo turista…mas é bom pra quem é daqui ir petiscar também. Confesso que chita, mamulengo, boneco de barro e afins me cansam um pouco na decoração de qualquer canto. Acho batiiiiiido e coisa pra inglês ver, mas o Botequim fez direitinho, colocou xilogravuras de J.Borges e deixou tudo mais bonito. No entanto, não tem pra onde correr: o cardápio é a melhor parte do lugar. E eu não falo do livrinho com as folhinhas não (que, vá lá, também é bem bonitinho) e sim dos pratos do menu. São realmente gostosos e isso é fundamental para eu gostar de um bar.Escondidinho de camarão – namorado amou (R$ 12,90)Linguiça flambada na cachaça –  eu amei (R$ 16,90)Queijo coalho com mel de engenho – #todosama (R$7,90)

Nunca fui muito fã de bar, barzinho, barzão, botequim porque eu não bebo cerveja e ir pra bar e não tomar cerveja, nhéééé? Pode Arnaldo? Então esse tipo de programa não é o dos mais divertidos pra mim. Eu gosto é de COMER! Por isso me dá uma alegria danada em achar uns lugarzinhos que ozamigues possam se jogar na manguaça e eu nas panelas. Quem levou todo mundo pela mão para conhecer foi a amiga Rafaella Magna, comemoramos o aniversário dela lá. Tava tudo muito bom o que experimentei no Botequim (pausa para reclamação do amigo Breno: o queijo estava gelado no meio. Devem ter tirado geladeira e colocado direto na chapa). Comi demais (sou zoiúda O.O), aí não tomei o caldinho, mas disseram que tava escândalo. A noite ficou ainda melhor quando o garçom disse: “Aqui não paga couvert artístico”. HAHAAAAY

Quem quiser conhecer…

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

10 Comentários

  • Responder junho 11, 2012

    Luana Pimentel

    Ambiente super agradável, simples e a comida é deliciosa. Ótimo para encontrar os amigos e tomar uma de leve. Nesse dia, tinha um cara tocando MPB ao vivo. Coisa mais linda. Foi uma noite maravilhosa!

    • Milenna Gomes
      Responder junho 22, 2012

      Milenna Gomes

      Foi lindo! 🙂

  • Responder junho 11, 2012

    Nath

    Menina, amei. Morri de amores por esse escondidinho. Esse lugar já é certo de ir em breve! 🙂

    • Milenna Gomes
      Responder junho 22, 2012

      Milenna Gomes

      Vai Nath! É legal e nem é tão caro. 🙂

  • Responder junho 13, 2012

    Elaine

    Nossaa, tudo mt massa la…comidinha, cerva geladissima!. mt bom msm! amei..qr dizer… amamos.

    • Milenna Gomes
      Responder junho 22, 2012

      Milenna Gomes

      Quero voltar lá pra comer o bolinho de bacia enxerido, vulgo cupcake. kkkk

  • Milenna
    Que charme esse lugar. Quando eu for a Recife vou conhecer. Valeu a dica.
    Beijos

    • Milenna Gomes
      Responder junho 22, 2012

      Milenna Gomes

      Veeeeenha! Vale muito levar os amigos. 🙂

  • Responder junho 27, 2012

    lins

    ACHEI O MAXIMO PARABENS,PRICIPALMENTE A MURILO E PAULO POR REALIZAR UM SONHO DE MUITOS QUE NÃO TINHAM TEMPO PARA SAIR DO RECIFE PARA SABOREAR COMIDAS REGIONAIS EM OUTROS MUNICIPIOS,VOCê ARRAZARRÃO.

  • Responder junho 28, 2012

    luiz carlos nascimento

    gostaria que me fosse enviado o horario de funcionamento do restaute cordel encantado,informando os dias. grato

Deixe um comentário