Conheça o trabalho de Henry Hargreaves, um fotógrafo de comida

Henry Hargreaves é um fotógrafo gastronômico, mas não um comum. Ele vê na comida formas de ler o mundo e sempre consegue fazer algo criativo para mostrar seu ponto de vista. Eu, inclusive, já escrevi um post sobre uma das obras dele, uma sessão de fotos com a última refeição de presos condenados à morte. Ele queria enxergar  o ser humano por trás do criminoso. É no mínimo interessante saber que uma pessoa com 68 assassinatos tenha pedido um pote de sorvete de menta com chocolate antes de morrer, né? Essas fotografias são as mais famosas do moço, que nasceu na Nova Zelândia e tem um pezinho no mundo fashion. Entretanto, Henry já fez outras criações legais e eu mostro algumas delas aqui.

Mapas de comida

Esse é o trabalho mais fresquinho do fotógrafo. Aqui, ele registrou ingredientes icônicos de regiões do mundo em cima de seus mapas. O trabalho foi inspirado pelo amor de Henry por viagens e o gosto dele em explorar novas culinárias. “Comida é um portal para as complexidades culturais desses lugares”, diz. Aqui tem um vídeo que mostra como tudo foi feito. Para ver as imagens em tamanho maior, clica nelas.

Músicos na estrada

Os divos e divas da música sempre fazem pedidos “originais” para o camarim, né? Nesse série de fotografias, Henry quis mostrar como as exigências gastronômicas conseguem dizer algo sobre a personalidade dos artistas e como, muitas vezes, acabamos nos identificando com eles através dos gostos para comida e bebida.

Queimando calorias

Nessa sessão, Henry quis chamar atenção para a obesidade no mundo e, em especial, da população americana e critica as maneiras loucas de se controlar o problema. Como manifesto, ele decidiu mostrar uma maneira real de queimar calorias. Nada de academia ou whey protein, meu bem.

Ele tem outros trabalhos legais, como esse da foto do topo. Quem tiver interesse em conhecer, é só acessar a página dele: henryhargreaves.com.

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

Seja o primeiro a comentar