Bercy Village, o novo La Vague

Antes de começar este post, é preciso explicar que o La Plage virou La Vague que virou Bercy Village. Mas é tudo basicamente a mesma coisa, tá? Do primeiro para o segundo, só mudou o nome. Do segundo para o terceiro, o ambiente, além de algumas novidades no cardápio. Fui lá dar uma conferida, a convite, e ver como ficou. O Bercy nasceu para ser franquia e ganhar o mundo, com as comidinhas já muito amadas dos tempos de La Vague. Sou super fã dos crepes da casa e sempre peço os mesmos for ever. Pra não ter erro, escolha o Maria Bonita (camarão com pesto de ervas, queijo coalho e creme de jerimum com gengibre, finalizado com casquinha crocante de parmesão e azeite de laranja – que poderia ser vendido em jarra de tão bom) ou o Champagne (camarão, queijo gruyère, molho de queijo Bercy, coulis de frutas vermelhas, alface-americana, caramelo balsâmico e amêndoas laminadas). São de babar no prato. Finalizo com o de Nutella, frutas vermelhas e sorvete. Dessa vez, testei outros e tive a certeza que esses são os melhores mesmo. Mas vamos por partes. Para começar, escolhi uma salada de entrada e me lembrei a razão de nunca fazer esse pedido. São enormes e infinitas! ahahah Excelentes pra dividir.

bercy3SAINT-MALO Camarão, repolho roxo agridoce, cenoura, maçã verde, folhas, molho oriental com gengibre e limão e gergelim torrado. R$26,20. 

A bicha é grande, viu? Sozinha ela dá conta fácil da fome de dois. Eu e Felipe fomos comendo aos poucos e acabamos nem terminando de tão farta. O sabor? Ok. A coisa mais diferente é o molhinho (todos os da casa são maravilhosos), que dá uma graça aos ingredientes comuns. Entres as novidades do cardápio estão os pratos quentes. Você escolhe a carne (frango ou bife de filé) e os acompanhamentos. Não pedi por motivos de falta de espaço no bucho, mas o olho grande não pôde ignorar a nova parte de sanduíches do menu. Optei pelo de filé e quase chorei de amor.

bercy bercy2SANDUÍCHE Iscas de filé grelhadas, mussarela e gorgonzola, pão integral tostado na chapa, finalizado com rúcula e azeite de laranja (ele de novo ♥). R$ 17,90.

As tirinhas de carne são mega macias e vão desmanchando no mastigar. O mix de queijo combina perfeitamente e o azeite de laranja- ah, esse azeite! – vem num ramequim do lado pra você usar e abusar. Deveria chegar assim em todos os pratos. #ficadikaJoca (o chef). Seria um favor pra humanidade. Depois de me lambuzar com esse sanduíche delicioso, parti, enfim, para o crepe. Dei uma chance ao Honfleur e ele não me decepcionou. Não é o Maria Bonita ou o Champagne, claro, mas não faz feio, não. Felipe pediu St. Raphael (foto do topo), com queijos ricota e Tomme de Chèvre – que eu nunca tinha provado – temperados com pesto de ervas, copa grelhada (um tipo de salame), fatia de tomate de forno e rúcula. Não curtimos muito. A vida não é perfeita, né?

bercy5HONFLEUR Camarão, queijo gruyère, creme de champignons de Paris, palmito ao vinho branco com cubos de tomate e orégano. R$24,60.

Não coube sobremesa na barriga. Mas saímos bem satisfeitos com a comida. O ambiente do Bercy é super organizado, enooorme e cheio de espaços diferentes: para crianças, com ar condicionado, salão aberto. Senti que foi pensado para receber famílias, grupos grandes. Cumpre bem essa função. Mas, vou ser sincera, prefiro infinitamente o aconchego do La Vague. Por ser tão grande, o Bercy dá mais gente, né? Aí achei muito barulhento. A proposta do crepe tranquilo numa sexta à noite, até meio romântico por causa da luz baixinha e música calma, não se aplica ao lugar novo. No dia que fui, tinha uma mesa com umas 30 pessoas comemorando o aniversário de alguém. Aí foi aquela alegria no timbre de voz. hahah Enquanto ainda existir La Vague nos Aflitos e em Boa Viagem, vou aproveitar ao máximo. A unidade de Casa Forte fechou para dar lugar à casa nova, no Parnamirim.

bercy7

SERVIÇO

Bercy Village
End.: Estrada do Encanamento, 341, Parnamirim.
Fone: (81) 3097-2004

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

2 Comentários

  • Responder agosto 19, 2014

    Boa de garfo

    Minha filha você come viu!!

    • Milenna Gomes
      Responder agosto 30, 2014

      Milenna Gomes

      Tô em fase de crescimento. 🙂

Deixe um comentário