5 dicas de como se recuperar de um pé na jaca

O que fazer na segunda-feira depois de ter enfiado o pé na jaca? Essa é uma dúvida que praticamente todo mundo tem quando a semana começa e muita gente passa pela situação de consciência pesada. O motivo? “Enfiar o pé na jaca”, o “Final de Semana do Lixo” ou seja, comer mais do que deveria e ter feito menos exercícios. Quem nunca passou o final de semana emendando festas com churrasco, pizza, bebidas e outros alimentos pra lá de calóricos.

Por JoanaBarros, personal trainer

1. Coma direito!

Se você saiu da dieta, não adianta comer menos para compensar o ‘estrago’ do final de semana. O ideal é retomar o plano alimentar que já estava sendo feito com acompanhamento do seu nutricionista (se tiver). A sua dieta é calculada para obter a quantidade ideal de calorias. Se você come menos, é certo que vai se sentir indisposto e prejudicar o rendimento no treino. Não esqueça: antes e após o treino é importante se alimentar para evitar a perda de massa magra.

858 café bistrô

2. Corra (mesmo) atrás do prejuízo

Faça um treino aeróbico intervalado. O que é isso? É uma combinação de caminhada e corrida. A caminhada é a fase de recuperação ativa enquanto durante a corrida damos um estímulo mais forte e com mais intensidade. Assim você eleva ao máximo o metabolismo gastando mais calorias.

mulher-correndo-treino

3. Mas vá devagar, coisinha

Para quem é iniciante, alterne 3 minutos de caminhada com 2 minutos de corrida até completar 30 minutos. Se você já passou da fase de adaptação, ou seja, o primeiro mês de práticas de exercícios físicos (com o mínimo de três vezes por semana), o recomendado é fazer o treino intervalado combinando 5 minutos de caminhada com 5 minutos de corrida.

caminhada-mulher

4. Respeite seus limites

Caso o treino acima não esteja adequado a sua realidade física, faça um tempo menor de corrida e aumente o tempo de caminhada. Não esqueça que o ritmo do caminhar (diferente de andar em shopping) precisa de vigor e intensidade. Evite conversas e mantenha o foco no treino! Pare imediatamente caso sinta dor e procure seu médico.

5. Beba água

Beba bastante água (sem gás). 70% do nosso corpo é feito por este mineral. Devido ao calor excessivo, do verão, nosso organismo elimina ainda mais água, que precisa ser reposta principalmente durante o treino. Não esqueça de levar sua garrafa para os locais de treino e jamais substitua por sucos ou refrigerantes.

419

Esse treino é uma ótima opção para começar a gastar o consumo calórico do fim de semana sem freio. Caso você não se adapte, existem outras modalidades que podem ser praticadas como é o caso das danças, da musculação, do treino funcional e outros que comentarei nos próximos posts. Procure sempre o seu professor na academia ou o seu personal trainer para um acompanhamento adaptado mais acertivo e adaptado para sua individualidade biológica.

Instagram: @JoanaBarrosPersonal

*Todas as fotos – tirando a da salada – foram encontradas na internet sem créditos. Se você é o dono de alguma delas, favor se manifestar.

Milenna Gomes

Criadora do NSC, Milenna é jornalista de gastronomia e mestranda em história da alimentação na Universidade de Coimbra. Recifense vivendo em Portugal. Críticas e sugestões: contato@naoseicozinhar.com

Seja o primeiro a comentar